Composição literária enquanto pós-produção: considerações sobre a autoria de Maria Bethânia no caderno de poesias

  • Roberta Guimarães Franco
  • Everson Nicolau de Almeida
Palavras-chave: Apropriação, Autoria, Produção, Pós-Produção, Maria Bethânia

Resumo

As concepções de autor e autoria que perpassam discussões do campo literário
constituem, na pós-modernidade, um dilema quando pensadas no âmbito da produção criativa. A
partir do conceito de autor como produtor, de Walter Benjamin, de pós-produção, cunhado por Nicolas Bourriaud, buscaremos compreender o processo de criação autoral da intérprete baiana Maria Bethânia na obra Caderno de Poesias (2015). Deste modo, versaremos sobre as formulações desses dois estudiosos, a fim de que possamos compreender o processo autoral de Bethânia à luz de discussões teóricas e conceituais. Este trabalho é resultado do projeto de iniciação científica intitulado Brasilidade mestiça em fragmentos: uma análise do Caderno de Poesias, de Maria Bethânia, realizado entre 2016 e 2017 na Universidade Federal de Lavras, que contou com o financiamento do programa PIBIC-CNPq.

Referências

BARTHES, Roland. A morte do autor. In: ______. O Rumor da língua. Lisboa, Portugal: Edições 70,
1984.
BENJAMIN, Walter. O autor como produtor. In: ______. Magia e técnica, arte e política. Tradução:
Sérgio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1985. p. 120-136.
BERNAL, César C. O conceito de autoria em Walter Benjamin. Cadernos Walter Benjamin,
Fortaleza, v. I, 30 dez. 2008.p. 35-46.
BETHÂNIA, Maria. Caderno de Poesias. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2015.
BOURRIAUD, Nicolas. Pós-produção: como a arte reprograma o mundo contemporâneo. São Paulo: Martins
Fontes, 2009.
SILVA, Marlon de Souza. No que eu canto trago tudo o que vivi: a tradição e o popular
em Maria Bethânia (1965-1978). São João del-Rei, 2010. Dissertação (Mestrado em
História) – Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de São João
del-Rei, 2010.
STARLING, Heloísa Maria Murgel. Maria Bethânia: intérprete do Brasil. In: BETHÂNIA, Maria.
Caderno de Poesias. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2015.
Publicado
2019-02-04