A Realização das Vibrantes do “Globês” no Português Brasileiro

Autores

  • Adelson Florêncio de Barros Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
  • Anderson Ferreira Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
  • Cátia Regina Ribeiro Artur Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
  • Elizabete Teixeira Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Palavras-chave:

Consoantes vibrantes, Pronúncia estandardizada, Globês

Resumo

O presente estudo situa-se na área de Fonética e Fonologia e tem como tema o exame das realizações das consoantes líquidas vibrantes do padrão estandardizado do português brasileiro. Objetiva-se identificar uma pronúncia estandardizada das consoantes vibrantes propostas pelo “globês”, bem como verificar a frequência das vibrantes nas gravações realizadas e, por fim, analisar seus traços fonéticos e fonológicos.  Para tanto, a metodologia utilizada consistiu-se na seleção de diferentes gravações de telejornais da TV Globo. O presente estudo justifica-se por contribuir de forma específica com um estudo das consoantes vibrantes em uma pronúncia estandardizada no ensino de Língua Portuguesa. Crê-se que tal pronúncia tenha sido selecionada e neutralizada para apresentação na Rede Globo, devido ao prestígio social dos falantes paulistanos no Brasil.

Downloads

Publicado

2018-05-19

Como Citar

de Barros, A. F., Ferreira, A., Artur, C. R. R., & Teixeira, E. (2018). A Realização das Vibrantes do “Globês” no Português Brasileiro. Gláuks - Revista De Letras E Artes, 17(01), 246-260. Recuperado de https://revistaglauks.ufv.br/Glauks/article/view/13