As relações dialógicas no pronunciamento oficial do presidente Jair Messias Bolsonaro sobre a pandemia do Coronavírus

Autores

  • Douglas Corrêa da Rosa Centro Universitário Univel
  • Tatiana Fasolo Bilhar de Souza Unioeste

DOI:

https://doi.org/10.47677/gluks.v21i01.220

Palavras-chave:

Linguagem, relações dialógicas, pronunciamento presidencial.

Resumo

Por meio da linguagem, interagimos, agimos e valoramos. Além de carregar valores, indicar nosso papel social e nossa posição em dado momento da história, nosso agir no mundo, por meio da linguagem, implica que nos responsabilizemos pelo dizer. Considerando tais aspectos, buscamos neste texto, a partir de reflexões teóricas centradas em pensadores do Círculo de Bakhtin, analisar as relações dialógicas presente no pronunciamento oficial feito pelo Presidente da República Federativa do Brasil, Jair Messias Bolsonaro (Sem partido), em 24 de março de 2020, sobre a pandemia do novo Coronavírus. As análises empreendidas mostram que o pronunciamento do Presidente constitui-se como resposta ao apelo da população, feito por meio da mídia, de uma posição oficial sobre a doença, além de dialogar com discursos anticientíficos. O posicionamento do Presidente está bem marcado, a partir das relações dialógicas presente em seu discurso, demonstrando o seu desrespeito à ciência, à imprensa e à vida. 

Referências

AMORIM, M. Para uma filosofia do ato: “válido e inserido no contexto”. In: BRAIT, B. (Org.). Bakhtin: dialogismo e polifonia. 1.ed. São Paulo: Contexto, 2016, p. 17-44.

BAKHTIN, M. (1975) Questões de literatura e de estética: A teoria do romance. Tradução do russo por Aurora Formoni Bernardini et al. 6. ed. São Paulo: Hucitec, 1998.

BAKHTIN, M. M. Para uma filosofia do Ato Responsável. Traduçaõ de Valdemir Miotelo e Carlos Alberto Faraco. São Carlos: Pedro & João Editores, 2010, p. 147-158.

BARRETO, C. Coronavírus: tudo o que você precisa saber sobre a nova pandemia. PortalMed, 01 de outubro de 2020. Disponível em: https://pebmed.com.br/coronavirus-tudo-o-que-voce-precisa-saber-sobre-a-nova-pandemia/

BOLSONARO, J. M. Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro, em Cadeia de Rádio e Televisão. YouTube: 24 de março de 2020, duração de 4’58’’. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=Vl_DYb-XaAE

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal, 1988.

BRASIL. Ministéiro da Saúde. Painel Coronavírus. Brasília: MS, 2020. Disponível em: https://covid.saude.gov.br/.

DELANOY, C. P.; Gonlçalves, T. M.; Barbosa, V. F. Construção valorativa de fatos sociais: a multiplicidade de discursos. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 51, n. 1, p. 127-135, jan.-mar.2016, https://doi.org/10.15448/1984-7726.2016.1.21689

EPSTEIN, I. Ciência e Anticiência (apontamentos para um verbete). Metodista, n. 29, p. 11-33, 1998. Disponível em: https://www.metodista.br/revistas/revistasmetodista/index.php/CSO/article/view/7852. Acesso em: 14 out. 2020.

FARACO, C. A. Um posfácio meio impetinente. In: BAKHTIN, M. M. Para uma filosofia do Ato Responsável. Traduçaõ de Valdemir Miotelo e Carlos Alberto Faraco. São Carlos: Pedro & João Editores, 2010, p. 147-158.

FARACO, C. A. Bakhtin e filosofia. Bakhiniana, São Paulo, 12 (2): 45-56, Maio/Ago. 2017. http://dx.doi.org/10.1590/2176-457331815

FARIA, M. M. de. As palavras significam na e pela história: uma análise discursiva de uma fala de campanha de Bolsonaro. Heterotópica, v. 1; n. 2, jul.-dez. 2019. Disponível em: file:///C:/Users/User/Downloads/49507-Texto%20do%20artigo-216545-1-10-20191218.pdf

GERALDI, J. W. A aula como acontecimento. São Carlos: Pedro & João Editores, 2010.

LANA, R. M. et al. Emergência do novo coronavírus (SARS-CoV-2) e o papel de uma vigilância nacional em saúde oportuna e efetiva. Cadernos de Saúde Pública, v. 36, n. 3, p. 1-5, 2020. doi: 10.1590/0102-311X00019620

NAVA, P. Chão de Ferro. São Paulo: Companhia das Letras, 2012[1976].

OLIVEIRA, T. Desinformação científica em tempos de crise epistêmica: circulação de teorias da conspiração nas plataformas de mídias sociais. Fronteiras, v. 22, n. 1, p. 21-35, 2020. Disponível em: http://revistas.unisinos.br/index.php/fronteiras/article/view/fem.2020.221.03. Acesso em: 20 maio 2020.

OMS. Report of the WHO-China Joint Mission on Coronavirus Disease 2019 (COVID-19). 16-24 fev. 2020. Disponível em: https://www.who.int/docs/default-source/coronaviruse/who-china-joint-mission-on-covid-19---final-report-1100hr-28feb2020-11mar-update.pdf?sfvrsn=1a13fda0_2&download=true

PASCHOAL, C. S. O novo tom axiológico da expressão “cidadão de bem”: refrações semânticas e indícios de estratificação da sociedade brasileira. Revista Memento, v. 11, n. 1, p. 1-22, jan./jun. 2020. Disponível em: file:///C:/Users/User/Downloads/6130-10954510-1-PB.pdf

PENA, F. Teoria do Jornalismo. São Paulo: Contexto: 2005.

PONZIO, A. A concepção bakhtiniana do ato como dar um passo. In: BAKHTIN, M. V. Para uma filosofia do Ato Responsável. Traduçaõ de Valdemir Miotelo e Carlos Alberto Faraco. São Carlos: Pedro & João Editores, 2010, p. 9-38.

RENFREW, A. Mikhail Bakthin. Tradução Marcos Marcionilo.1.ed. São Paulo: Parábola, 2017.

SILVA, C. G. C. A Bolsonarização do Espaço Público. Uma Análise Foucaultiana sobre os conceitos de Pós-verdade, Fake News e Discurso de ódio presentes nas falas de Bolsonaro. Anais online. 42º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Belém - PA – 2 a 7/09/2019. https://portalintercom.org.br/anais/nacional2019/resumos/R14-0386-1.pdf

TEIXEIRA, L. P. Bem Barbiezinha.... Fascista: ironia em post. Estudos Linguísticos, São Paulo, v. 49, n. 2, p. 1124-1137, jun. 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.21165/el.v49i2.2722

WHITAKER, D. C. A. O idoso na contemporaneidade: a necessidade de se educar a sociedade para as exigências desse “novo” ator social, titular de direitos. Cad. Cedes, Campinas, vol. 30, n. 81, p. 179-188, mai.-ago. 2010. Disponível em: http://www.cedes.unicamp.br. Acesso em: 15 out. 2020.

Downloads

Publicado

2021-07-08

Como Citar

Corrêa da Rosa, D., & Fasolo Bilhar de Souza, T. (2021). As relações dialógicas no pronunciamento oficial do presidente Jair Messias Bolsonaro sobre a pandemia do Coronavírus. Gláuks - Revista De Letras E Artes, 21(01), 35-58. https://doi.org/10.47677/gluks.v21i01.220