O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.

Diretrizes para Autores

Normas para elaboração e submissão de trabalhos

1. Informações Gerais

A Revista Gláuks (ISSN: 2318-7131) publica ensaios e artigos de caráter teórico/analítico, produzidos por docentes e discentes, e que contemplem áreas cujo objeto de estudo seja a linguagem em suas diversas manifestações, no intuito de difundir a produção acadêmico-científica dedicada aos segmentos de Estudos Linguísticos e Estudos Literários no Brasil e no exterior.

Os trabalhos poderão ser redigidos em português, espanhol, inglês e francês. O periódico publica artigos inéditos resultantes de pesquisas, ensaios de cunho teórico, resenhas, traduções e entrevistas produzidas por docentes, doutorandos e doutores, mestrandos e mestres; todavia, somente serão aceitas contribuições de artigos e ensaios de DISCENTES quando em coautoria com um doutor. Textos em coautoria devem ter, preferencialmente, apenas dois autores, que devem estar cadastrados na página da revista para submissão.

A Revista Gláuks é uma publicação semestral. A qualquer tempo, a critério do Conselho Editorial, a revista poderá publicar números especiais. Os textos devem ser enviados SOMENTE por meio eletrônico, através deste portal após cadastro. Os trabalhos recebidos serão avaliados anonimamente por dois membros do Conselho Editorial (avaliação por pares cega) ou por pareceristas ad hoc, sendo publicados apenas aqueles trabalhos que receberem dois pareceres favoráveis. Com efeito, os trabalhos devem ser enviados em arquivo SEM IDENTIFICAÇÃO DA AUTORIA. Obs.: os trabalhos que não seguirem essas diretrizes não serão avaliados.

Em caso de dúvidas, entrar em contato no e-mail: glauks@ufv.br

2. Preparação dos Originais

Apresentação Geral

As colaborações para a Revista eletrônica Gláuks devem seguir, rigorosamente, as seguintes especificações, de acordo com as normas de estrutura, fixadas pela ABNT. O não cumprimento das normas acarretará a devolução do trabalho.

Formatação:

Os trabalhos devem ter páginas no formato A4, em arquivos compatíveis com o Windows (formato .doc ou .docx) com as margens esquerda e superior de 3 cm e direita e inferior de 2 cm;

Extensão: Artigos e Ensaios: mínimo de 12 páginas e máximo de 20 páginas (na formatação exigida); Resenhas: máximo de 05 páginas; Traduções e Entrevitas: livre, mas devidamente acompanhadas de comentário crítico.

• corpo do texto: fonte Times News Roman tamanho 12-pontos, justificado, espaçamento de 1.5 cm entre linhas; 2 (dois) espaços entre as seções do texto.

• para citações diretas: 

  • As citações diretas curtas (até 3 linhas) devem estar no corpo do texto entre aspas.
  • As citações diretas longas (mais de 3 linhas) devem estar recuadas 4,0 cm, fonte Times New Roman tamanho 10, espaçamento simples, sem aspas, separadas por 2 (dois) espaços entre parágrafos anterior e posterior.
  • Para citações diretas utilizamos o sistema autor-data-página no corpo do texto e para citações indiretas utilizamos o autor-data ou autor-data-página. Exemplo: (SILVA, 2004, p.12). Caso a obra tenha dois ou três autores deve-se separar por ponto e vírgula os sobrenomes. Exemplo: (SILVA; SOUZA, 2002). Se houver uma obra com vários autores coloca-se o sobrenome do primeiro autor e “et al”. Ex. (SILVA et al., 2002).
  • Em caso de grifo, deve-se informar se é do autor citado ou se é do autor do artigo. Exemplo: (SILVA, 2004, p. 12, grifo do autor); (SOUZA, 2002, p. 53, grifo nosso).

. Títulos, resumos e palavras-chave devem ser redigidos no idioma do artigo ou ensaio e em um segundo idioma, dentre as opções: português, inglês, francês ou espanhol.

Obs.: os artigos e ensaios redigidos em língua vernácula devem apresentar o título, o resumo e as palavra-chaves em língua estrangeira (francês, espanho ou inglês) no final do texto, logo após as REFERÊNCIAS. O inverso se aplica no caso dos artigos e ensaios redigidos em língua estrangeira (francês, espanho ou inglês). 

• Páginas: devem ser numeradas.

3. Estrutura:

Os trabalhos, configurados no formato acima, deverão obedecer a seguinte sequência:

 

Artigos e ensaios:

• Título: centralizado e em caixa alta, em negrito, com corpo 14, no alto da primeira página.

• Nome do autor: nome completo do autor, abaixo do título, alinhado à direita, corpo 12, com nota de rodapé para pequena apresentação puxada do sobrenome do autor, filiação institucional, maior titulação acadêmica, atuação profissional atual e endereço eletrônico (o nome e os dados do autor são omitidos pela comissão editorial quando o artigo é enviado aos pareceristas, garantindo assim uma avaliação anônima)

• Resumos: abaixo do nome do autor, sem adentramento, alinhamento justificado, espaço simples, máximo de 200 palavras.

• Palavras-chave: mesma formatação do resumo, separadas por vírgula; máximo de 05 palavras.

• Referências: devem aparecer somente os trabalhos (ou obras) citados no corpo do artigo, ensaio e resenha.

Title, Abstract Keywords (ou Titre, Résumé et Mots-Clés): versão para o inglês, francês ou espanhol do título, resumo e das palavras-chave, mesma formatação e extensão (se o artigo for redigido em francês, deve vir acompanhado destas mesmas informações também em português).

 

Resenhas:

• Título ou a referência do trabalho (livro/tese/dissertação) resenhado; 

• Nome do autor: nome completo do autor, abaixo do título, alinhado à direita, corpo 12, com Nota de Rodapé para pequena apresentação puxada do sobrenome do autor, filiação institucional, maior titulação acadêmica, atuação profissional atual e endereço eletrônico;

• Referências: devem aparecer somente os trabalhos (ou obras) citados no corpo do artigo, ensaio e resenha.

 

Traduções e Entrevistas:

Caso o texto não se encontre em domínio público, é obrigatório que o tradutor disponha de documento do detentor dos direitos autorais da obra traduzida, autorizando a tradução e sua publicação na Revista Gláuks. É preferível que o tradutor envie esse documento quando da sua submissão.

 A organização da tradução deve obedecer à seguinte sequência:

• Título: centralizado e em negrito, caixa alta, corpo 14,

• Nome do autor: nome completo do autor, abaixo do título, alinhado à direita, corpo 12, com Nota de Rodapé para pequena apresentação puxada do sobrenome do autor, filiação institucional, maior titulação acadêmica, atuação profissional atual e endereço eletrônico.

• Apresentação da tradução ou da entrevista: redigida pelo tradutor, expondo as razões e a relevância da tradução ou entrevista, comentando, inclusive, sobre a obra traduzida e seu autor ou sobre o autor entrevistado.

• Referências: devem aparecer somente os trabalhos (ou obras) citados no corpo do artigo, ensaio e resenha.

  

4. Referências Bibliográficas:

 Deverão ser organizadas a partir dos sobrenomes dos autores, em ordem alfabética e de acordo com a NBR 6023 da ABNT, de agosto de 2000.

Citações:

• Em caso de citações em língua estrangeira, esta deve vir acompanhada da tradução para o idioma do artigo em nota de rodapé.

• Citações: O sistema de chamada utilizado é autor-data, conforme NBR 10520 da ABNT, de agosto de 2002. O autor será citado entre parênteses, exclusivamente pelo sobrenome, separado por vírgula da data de publicação e página: (BOSI, 2006, p. 101).

• Se o nome do autor estiver citado no texto, indica-se apenas a data da publicação entre parênteses: “Lajolo (2001) afirma...”.

• Nas citações diretas, é necessária a especificação da(s) página(s) que deverá(ão) seguir a data, separada(s) por vírgula: (LAJOLO, 2001, p. 17).

• As citações de diversas obras de um mesmo autor, publicadas no mesmo ano, devem ser discriminadas por letras minúsculas após a data, sem espacejamento: (LAJOLO, 2001a).

• Quando a obra tiver dois ou três autores, todos devem ser indicados, separados por ponto e vírgula: (CANDIDO, BOSI, FAORO, 2006). Neste tipo de citação não são aceitas expressões latinas (idem, ibidem, passim, entre outras), já que devem ser usadas apenas em citações de Notas de Rodapé, as quais, por sua vez, não são aceitas pelas normas da Revista Gláuks.

• As citações em línguas distintas daquela em que foi composto o texto submetido à Revista Gláuks deverão ser traduzidas, com remissão em Nota de Rodapé, onde deverá ser transcrito o trecho original.

 

Notas de Rodapé:

• As Notas de Rodapé deverão ser redigidas em Times New Roman, corpo 10, alinhamento justificado, com numeração acompanhando a ordem de aparecimento.

 

Referências Bibliográficas:

• As referências bibliográficas, dispostas no final do texto, devem ser organizadas em ordem alfabética pelo sobrenome do autor.

 Exemplos:

 — Livros e Monografias

AUTOR, A. Título do livro. Cidade: Editora, Ano de publicação.

Capítulo de livros

AUTOR, A. “Título do capítulo”. In: AUTOR, A. Título do livro. Cidade: Editora, Ano de publicação.

 

— Dissertações e Teses

AUTOR, A. Título: subtítulo. Data (ano de depósito). Folhas. Grau (dissertação, tese, monografia, trabalho de conclusão de curso) – Unidade em que foi defendida, Local.

 

— Artigos e Periódicos

AUTOR, A. Título do artigo. Nome do periódico. Cidade, v. volume, n. número, p. X-Y, Ano de publicação ou data.

 

— Artigos e Periódicos online

AUTOR, A. Título do artigo: subtítulo. Título da Publicação. Local de publicação (Cidade), v. volume, fascículo, paginação inicial e final do artigo e data da publicação, seguido de: Disponível em: <endereço eletrônico>. Acesso em: dia, mês, ano abreviado.

 

— Trabalhos publicados em anais de congresso ou similar

AUTOR, A. Título do Trabalho. In: NOME DO EVENTO, ed. número da edição, Ano. Anais... Cidade: Instituição, p. X-Y.

 

— Página de Internet (Conteúdo digital):  após referência adicionar a informação da origem do material e data de acesso:

Disponível em: <endereçoeletrônico>. Acesso em: dia mês ano.

A data deve exibir os meses abreviados: jan.; fev.; mar.; abr.; maio; jun.; jul.; ago.; set.; out.; nov.; dez.

Exemplo: LIMA, J. C. R. Roger Chartier, o universo simbólico e a escrita da história. Nearco, v. 1, p. 181-189, 2011. Disponível em: <http://www.neauerj.com/Nearco/arquivos/numero8/13.pdf>. Acesso em: 29 dez. 2017.

 

Para demais referências, consultar a ABNT.

 

— Gráficos, Quadros, Tabelas e Figuras

Gráficos, quadros e tabelas deverão estar centralizados e com legenda centralizada abaixo do gráfico (ou tabela ou quadro). O gráfico (ou quadro, ou tabela) deve ser numerado e a fonte a ser utilizada é a seguinte: corpo 11 e negrito para o título do gráfico.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.